The nutcracker’s oath/O juramento do quebra-nozes

Quando trabalhas com pessoas chamadas “Frey”, sais do escritório e parece que estás do outro lado da muralha, só neve e sem vivalma e vives num sítio onde the night is dark and full of bikers, dá-te pra isto: The night gathers and now my watch begins. It shall not end until my death. I shall take …

Ler Mais

“Ich bin (k)ein Berliner”. Parte I.

Quando John F. Kennedy disse “Ich bin ein Berliner” ele disse também “Eu sou uma bola de berlim”*. E é isto que importa. Quem é que quer saber do muro? E portanto, com este mote planeei uma salivante viagem à capital do reino com o único objectivo de degustar bolas de Berlim até ficar com dores…

Ler Mais

Um inglês e um bulldog francês entram num bar. Na China.

O Brexit e a guerra comercial entre os EUA e a China parecem, à partida, temas bastante aborrecidos. Mas olhem que nãaaaaao! (ler com voz de Álvaro Cunhal em debate com Mário Soares*).   O Brexit. O mais temido aconteceu quando a 23 de Junho de 2016 (altura em que no burgo se está numa…

Ler Mais

Deixem o leite em paz.

No princípio era a lactose. Hordas de intolerantes a este hidrato simples quiseram bani-lo do leite. Depois foram os “estudos”. A nascer como cogumelos, provando que o leite, ele mesmo, devia ser banido da dieta dos adultos. Porque não somos nenhum vitelo para beber leite pra sempre e tal e que faz mal e que…

Ler Mais

Salzburgo. Parte 1

Então na última semana tive a brilhante ideia de planear uma visita a Salzburgo no sábado. Tudo parecia de feição: bom tempo (por aqui é uma coisa que se valoriza muito), um Bayern ticket pra me levar e trazer de volta por 25 mocas. Tudo, até sexta-feira à noite. Cheguei suuuuuper cansada a casa, vinda duma…

Ler Mais

O dia do Kreisverwaltungsreferat. E do banco.

Todo o estrangeiro residente na Alemanha tem de ir ao Kreisverwaltungsreferat (lê-se §%&##@!<ª$Ü£$/Ç) ou serviço equivalente e dizer que, sim senhor, está na Alemanha, na morada X. E tem de fazer o mesmo quando se vai embora; avisar: pessoal, dei de froskes, já retirei devidamente a minha identificação da campainha e da porta e cumpri todos os…

Ler Mais

Jovens chineses tornam-se demasiado comunistas e confundem o governo

Há uma coisa que me ouço dizer muitas vezes e é “li no New York Times que…”. E cada vez que digo lembro-me da tipa do American Pie, que estava sempre a dizer “Once, in the band camp…”. Mas eu sou uma fã incondicional do nytimes e enquanto eles tiverem artigos que me interessem, vou…

Ler Mais

Primeiro dia de trabalho. O Horror. O Drama. A Tragédia.

[Artur Albarran, onde estás tu?] Noite mal dormida, cérebro a 100 à hora a pensar Oh meu deus tenho um blog, que fixe, #aitenhotantasideias, #aijesusqueincrível, #aiamanhãvoutrabalhar, #aiistoémesmoasério!  Resultado: acordo com olhos de anfíbio, mas apesar de tudo com acuidade visual suficiente para sobreviver às primeiras tarefas do dia sem me cortar, queimar ou afogar. 7h45.…

Ler Mais

A importância de ser (Herr)nesto. E Frau Neves.

Cá estou eu na minha primeira semana de Baviera. Só dirndls* (lê-se “dêndel”) e lederhosens dum lado pro outro. Tudo jolly-jolly com mais ou menos cerveja no bucho. Hordas de gente com fatinhos típicos no metro (os tais dendls e cenas) a encherem tudo, só para irem beber cerveja a um sítio diferente. Um Senhor…

Ler Mais