Introdução

Utopia, Do grego u-topos (não-lugar), um lugar que não existe, um lugar inventado. Esta é a secção para falar dos meus lugares, topos (palavras gregas dão sempre um ar muito erudito: aletheia, pathos – não confundir com “patos”). Quer sejam lugares de verdade, geograficamente comprováveis e visitáveis (ou não!), lugares imaginados por uma cabeça e…

Ler Mais